quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Head and Tails

Agradeço o não-sadismo da coisa e a tentativa de me poupares. Mas se me conheces (and you do) sabes que sou mais perspicaz que quase toda a gente que conheces, o que obviamente quer dizer que sei muito, mas muito mais do que aquilo que pensas. Na verdade, já te apanhei em tretas mais vezes que as que cabem na minha mão. E de ti nunca esperei tal coisa. É desilusão, mas mais pequena que a que já foi outrora. Por um lado quero guardar-te, intocável, nos confins da minha memória (mas lá no quarto dos fundos, às escuras) e lembrar-me de tudo o que nos fazia nós. Por outro estás a matar tudo, a partir tudo (myself included) e eu só consigo assistir, num mar de impotência.

1 comentário:

  1. In a sea of impotence, you pray for Viagra to rain... if U 'r religious...

    ResponderEliminar